Momentos económicos… e não só

About economics in general, health economics most of the time

sobre a utilização de cuidados de saúde, 2012 vs 2014 (3)

3 comentários

A correcta utilização dos cuidados de saúde primários é um elemento central para o bom funcionamento do sistema de saúde português e do Serviço Nacional de Saúde em particular.

A questão seguinte procura avaliar em que medida o conhecimento sobre os cuidados de saúde primários melhorou (ou não) nos últimos dois anos.

Foi pedido que respondem sim ou não às seguintes afirmações:

    • Conheço o serviço Saúde24
    • Sei como posso recorrer ao serviço Saúde 24
    • Antes de ir à urgência procuro usar o serviço Saúde 24
    • Sei exactamente o Centro de Saúde/USF a que me posso dirigir
    • Conheço os horários de funcionamento do Centro de saúde/USF
    • Antes de ir à urgência de um hospital procuro ir ao Centro de Saúde
    • Prefiro ir directamente à urgência de um hospital porque é mais rápido
    • Prefiro ir à urgência de um hospital porque podem fazer logo todos os exames necessários

O gráfico seguinte mostra a percentagem de respostas positivas em cada item (descrição abreviada na legenda).

graf2

Essencialmente não há diferenças assinaláveis entre os dois anos, excepto na proporção de pessoas que diz usar o serviço  Saúde24 que aumentou de um período para o outro. E esse aumento não surge associado com qualquer característica dos entrevistados. Não é claro porque ocorreu este aumento.

(a ausência de diferenças sistemáticas entre os dois anos foi comprovada estatísticamente).

Autor: Pedro Pita Barros, professor na Nova SBE

Professor de Economia da Universidade Nova de Lisboa

3 thoughts on “sobre a utilização de cuidados de saúde, 2012 vs 2014 (3)

  1. Olá, permita-me fazer as seguintes observações porque podem ser úteis em futuros inquéritos:
    se o pretendido é ” avaliar em que medida o conhecimento sobre os cuidados de saúde primários melhorou (ou não) nos últimos dois anos.” , então as questões não se encontram correctamente direccionadas ( na minha muito modesta opinião..).
    Em primeiro lugar parece que apenas se inquire sobre a resposta dos CSP a situações de doença aguda, o que reduz as competências deste nível de cuidados porque esquece a prevenção, a monitorização de doença e avaliação de estados de saúde. Depois porque está completamente ausente da sua avaliação a resposta de outras valências dos CSP como as das Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) e as das ECCI ( equipas de cuidados continuados integrados) que nos últimos anos têm desenvolvido um trabalho reconhecido por todos na assistência à população, tanto na prevenção como no tratamento de doença. Por ultimo, para não parecer muito critica, refiro que a linha de saúde 24h não se insere directamente nos CSP. Sugiro também que de futuro se inquira sobre se tem atribuído e se conhece o seu médico e enfermeiro de família e se a estes profissionais recorrem em caso de necessidade em vez de se dirigirem ás urgências dos hospitais.

    Com os melhores cumprimentos
    Alexandra

    Gostar

  2. Alexandra
    Obrigado pelos comentários e sugestões; e são sugestões pertinentes.
    As perguntas aqui usadas foram retiradas de outros contextos em que a preocupação era muito focada na utilização das urgências hospitalares, e hoje em dia a diversidade de respostas merece outras adições (incluindo também o 112).

    Duas observações finais:
    A linha de saúde 24 merece uma análise toda ela separada para perceber melhor porque acaba por ser tão pouco utilizada.
    Relativamente ao enfermeiro de família, não tenho a certeza que esteja já no terreno.

    Se posso colher num único ponto, os seus comentários, é descentrar da questão da urgência hospitalar para focar mesmo nos cuidados primários e nos primeiros pontos de contacto do cidadão com o sistema de saúde quando se sente doente, bem como alargar para as situações de contacto do sistema de saúde com o cidadão, nas actividades de prevenção (que são um assunto diferente).

    Se tiver sugestão mesmo de perguntas a incluir, envie-me que numa próxima experiência destas tratarei de incluir. Note que estas experiências são apenas isso, não pretendem substituir-se a análises mais rigorosas (no desenho das perguntas e da amostra), e faço-as no pressuposto que situações muito extremas seriam mesmo assim capturadas desta forma. Se com estas experiências incentivarem o desenvolvimento de mais trabalhos sobre estes temas, que não sejam apenas a recolha dos relatos dos media, também ficaria satisfeito.

    (ps: e comente sempre que tiver tempo e paciência)

    Gostar

    • Olá de novo
      Sim, penso que resumiu eficazmente num único ponto a “essencia” dos meus comentários.
      Os CSP podem e devem responder em situações de doença aguda que não necessite de cuidados diferenciados. No entanto todas as outras suas competências parecem , nas análises, diluir-se sempre na comparação desta resposta com os hospitais.
      Por outro lado a reforma dos CSP veio segmentar os cuidados de saúde em diferentes tipos de unidades, com objectivos diferentes, o que torna difícil a comparação, não acha? As USF, UCSP e UCC são os novos CSP mas nem a população, nem os próprios profissionais de saúde parecem perceber bem os seus novos âmbitos de actuação. Seria talvez interessante para as suas muito úteis “experiências”, como lhes chama, analisar os CSP sob este ponto de vista. Claro que seria um honra poder sugerir algumas perguntas a incluir.
      A figura do enfermeiro de família ainda não se encontra legislada mas na prática há muito tempo que se apresenta como ” um sistema de trabalho”, existe um enfermeiro que em conjunto com um médico tem uma família a seu cargo, nas USF e UCSP. Nas UCC é só o enfermeiro. Esta questão também levanta alguma polémica….
      ao dispor
      Alexandra

      Gostar

Deixe um momento económico para discussão...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s